segunda-feira, dezembro 17, 2007

Ladies and gentlemen:
we've created a perfect world for you

Gente, nem sei por onde eu começo...
Aliás, ontem na inauguração da piscina eu só pensava “Como vou começar meu post amanhã?”

Não tenho palavras pra descrever o novo espaço da boate. Completamente perplexos estávamos eu e todas as outras bees (muitas paulistanas, diga-se) diante do novo complexo de entretenimento noturno inaugurado na Sacadura Cabral.
Esqueçam tudo o que vocês conheceram antes: o clube tem uma nova cara, novos espaços, nova vibe, novo sentido, nova função na noite do Rio de Janeiro.
E isso tudo antes do que podíamos imaginar!

Chegamos às 7: 30 da noite, um pouco tarde para os padrões Pool Party, mas o solzão de Ipanema não nos deixava sair da praia nunca. Almoçamos, passamos em casa e fomos belissimamente para o Centro da Cidade. Eu, desconfiado, já pronto pra reclamar que “piscininha no Centro não dá”.
Quebrei a cara. Todas as amigas, bunitas e que importam na noite (e, agora, no dia) estavam lá. Todas lindas de bermuda (calça jeans em pool não dá, ouviram?), sunga, biquínis e, exagero dos exageros, havaianas brancas (vamos dar um desconto: carioca pode, né...)

Lounge, camarote, pistinha, deck, piscina, 2 cabines de DJs, vidros, espelhos, orquídeas, palmeiras, sofás... eram tantas coisas que confesso ter ficado perdido.
Pra vocês terem uma idéia, ouvi da minha amiga: - Olha... sempre que você explica alguma coisa eu entendo, porque você é muito detalhista. Mas dessa vez eu não to conseguindo nem imaginar.
Nem eu, bee, nem eu.

Mas vamos tentar:
O espaço do estacionamento virou um lounge (em um andar mais elevado e com janelões pras duas pistas), a área ao ar livre ficou à direita (com um deck, grandes ventiladores e um bar) e a pistinha ganhou aquelas tão famosas e queridas lâmpadas da pista 1.
A piscina propriamente dita é pequena e não funciona – mas quem se importa? Tipo raia, comprida, rasinha. Com guardião, como manda a lei.
Apenas 2 ou 3 bees se arriscaram a dar um tchibum (teve uma que nadava como se fosse um misto de Roberta Gusmão e Ariel e, claro, ouviu gracinhas de “vai crawl e volta borboleta”).

Na cabine, Ana Paula parecia estar muito feliz com o público bem mais perto e que respondia cada música com gritinhos, acenos, beijinhos, fotos e indo à loucura quando a DJ gritava “adoro!” diante do povo se jogando horrores.
Vale dizer que foi a melhor apresentação dela desde que assumiu a residência do club.

O staff continua impecável: educação, gentileza, simpatia – do boa noite ao obrigado, passando pela limpeza constante e pela rapidez até na troca das bandejas com frutas e picolés que estavam sobre o balcão dos bares.
Ontem, todas as áreas estavam abertas, não existiam vips e todo mundo circulava pela casa. É diferente ver a pista 1 vazia, sem som, apenas com as luzes acesas.

Se alguém ainda tinha dúvidas, caíram por terra: André Almada é o empresário mais importante na noite do país. E não é só noite GLS que eu digo. É noite, balada, night, jogação em geral.
Ricardo Amaral em versão anos 2000.

Tenho pena das outras casas cariocas, HTs ou gls: Baronnetti, Le Boy, Nuth... Sem falar do Cine Ideal, meu Deus, com chão molhado, staff mal educado, sound system sofrível, falta d’água e lixeiras passando no meio da pista.

Ficam as perguntas no ar: como esses novos espaços irão funcionar? A área vip continua sendo apenas a parte antiga?
O que será aquele novo camarote? E depois do Caranaval: pista 1 ou pista 2?

É esperar.
Como diziam as telas de plasma, essa é a
“The Week International Rio de Janeiro”

10 comentários:

Tony Goes disse...

Eu não fui!! Primeira inauguração importante que eu perco este ano. Tive que ficar trabalhando em SP... Mas as pessoas que eu conheço e foram concordam todas com vc: a nova área é o máximo. Chega logo, Reveillon!

Estefanio disse...

huauhahua foi otemo as bees gritando pras malucas na piscinca: olha o crawl
volta de borboleta
resgaaaata ela
olha, akele jato ali no canto é otimo pra retocar a chuca

Vale lembrar tbm os momentos risadas da noite, a bisha querendo fazer a patrick swayze por ghost e bateu de cara no vidro
e a tal beesha da havaiana branca lavando o pe na pia do banheiro da area vip!
Achei digno!

Klero disse...

Como não sou super fã da The Week, preciso admitir que, ao menos em São Paulo, o espaço da piscina é o grande diferencial e uma área onde adoro passar tempo nas poucas vezes que fui.

Clebs disse...

Se eu não ligava por ter perdido esse remelexo, agora.... eu ligo sim e me rasgo todo por não ter ido!

Sabe culpa?? É o meu nome do meio!!!! Uóoooo minha posição, eu não sou ninguém na noite por não ter ido!!!!

Mas deixa estar, bee...Essa nova área ainda vai dar o que falar e quem sabe não será lá que nos encontraremos?

bye.

introspective disse...

Uau, uau, uau! Arrasou, Gui! Ficamos todos com água na boca. Eu cheguei até a pensar em ficar em SP, mas, depois dessa... let's make history!!! :D

Anónimo disse...

Se suas Altezas Reais num foram a casa inaugurou mesmo?????

Anónimo disse...

Ou a outra Alteza foi? Afinal ela nasceu carioca, ou nem?

namorado do Gui disse...

esse até eu vou ter que comentar...simplesmente: "arrasou"...foi tudo ó-t-e-m-o-o-o!!
Amigos, Tony e Introsp., perderam, tah!! ...venham logo pro Rio. Bjos.

Leandro disse...

ai, que vontade.

é gui, só no próximo ano, viu? quem sabe não será na beirada da piscina que te conhecerei? pode crer que estarei ali, conversando com clebim! :) mas sóóó no ano que vem. saco!

bisous

migue disse...

vem ca,
vc ja viu um novo blog que ta rolando aqui pelo rio?
gente tem uma enquete babado..
olha la e me da sua opiniao a respeito?

http://orgulhocarioca.blogspot.com/