quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Nas bancas por apenas

Esse mês eu demorei pra comentar as revistas voltadas ao público gay. Primeiro porque estava bem difícil achar a DOM no Centro do Rio – enquanto isso eu fui lendo a Junior com sua incrível capa vermelha. Segundo porque eu queria explorar bastante antes de dizer qualquer coisa, afinal aquela emoção inicial passou.

A Junior está com uma certa carência de boas reportagens. Até os ensaios perderam um pouco da beleza, com exceção das fotos de capa. Ta certo que é bom olhar e coisa e tal, mas já está na hora de se preocupar com conteúdo...
Já a DOM está realmente no ponto. As matérias estão ótimas, os textos das páginas finais estão interessantes, os ensaios são lindos... Depois de um lançamento um pouco acima do tom, a revista encontrou a sua cara. E isso é visível com a quantidade de anúncios diversificados que possui – de lojas de móveis a espumante. De erros, a desinteressante sessão de horóscopo e a falta de embalagem plástica na revista– tive que escolher um exemplar na banca porque as primeiras da pilha já estavam amassadas. (Dispensável também a frase “e depois criou Miro Moreira...”, que, além de piegas, estava completamente fora do visual da capa.)

É incrível ver como o povo em geral ainda não consegue lidar com o mercado gay. Pra começar que é um pouco difícil encontrar as publicações fora de regiões mais modernas da cidade. Depois, todo mundo sabe que as bancas ainda não sabem muito bem onde colocá-las: enquanto a Junior estava pendurada, a DOM freqüentava a prateleira mulherzinha, entre a Boa Forma e a Nova. Só em Copa consegui ver as duas lado a lado, como deve ser.

Além de alguns ajustes, falta apenas ampliar os domínios, saindo um pouco do eixo Rio-SP. Com certeza existem muitas matérias sobre o dia e a noite do restante do país.

Já estou curioso sobre as próximas...

4 comentários:

Alexandre Lucas disse...

Os nossos jornaleiros não são muito friendly =(

Clebs disse...

Como não achou no centro?? Pelas minhas bandas, aqui na Assembléia e na banca EM FRENTE ao FORUM tem DOM de sobra para todas as bees advogadas!

E passei por uma banca que colocou as revistas bem na frente na parte de fora, na seguinte ordem: Junior, Men´s Health e DOM.

O dono da banca deve ser bee!

Too-Tsie disse...

Mesmo aqui em sampa, eu já comentei em outro blog, nossas revistas não ficam em um lugar definido.
Na FNAC por exemplo, no nicho onde botam todas as revistas gays, fica um vazio de gente.
Brasileiro é muito careta mesmo, tem vergonha de ler revista gay em público preocupado com o que o vizinho do lado vai pensar.

GUI SILLVA disse...

tenho preferido a Dom, também!

nossa, aqui em Vitória (vulgo, roça iluminda) ela são super bem-expostas. e na banca que sempre compro, os vendedores são bem descolados...ha ha ha