sexta-feira, março 14, 2008

Arriba!

Vi no Carioca Virtual o anúncio de uma festança na Cidade do México, a WonderPool Party, que usou o mesmo flyer que a TW no Carnaval de Floripa - um sereio lindo e loiro.
Como o povo ja tinha comentado da "coincidência" de imagens mas ficaram confusos de onde vinham, dei meu pitaco nos comentários do blog.

E não é que Luis Barba, um dos maiores produtores de festas de lá, veio aqui explicar que o flyer foi devidamente autorizado pela TW, com direito a créditos no verso?
Achei, no mínimo, educado. E se pensarmos que eu sequer sou freqüentador da festa, torna-se ainda mais louvável essa atitude.

Sugiro, assim, que o mexicano venha dar algumas aulas de etiquetas e bons modos aos produtores cariocas.
Tem um aí que desde o Carnaval anda sumido - tô até agora esperando ele me ligar pra devolver o dinheiro dos meus ingressos da edição da festa que não foi realizada, conforme anunciado.
Enfim... o que é dele está guardado.

Aliás, como as cenas daqui e do México são bastante parecidas, dá ainda mais vontade de conhecer os fervos do país.
Quem sabe as ameega que têm contato forte por lá (alô, Consulado!) não arrumam uma viagem babadeira, hein hein?

8 comentários:

Estefanio disse...

Também achei bem fino e educado a explicação!
Mas é que nessa vida sabe né? que nada se cria, dia desses eu vi uma Revolution party que era a mesma letra da festa da Zamaral, q era meio impossivel ser coinscidencia! Nem fui averiguar qual veio antes ou quem copiou quem.

ludo diniz disse...

pelo visto vc já é alguém na noite mexicana.

tenho um amigo morando lá. bora agitar uma caravana.

dtussini disse...

'BIBA' MÉXICO!!!

Clebs disse...

O fervo poder ser o mesmo, mas os moços bonitos.. quaaaanta diferença!!

Eu quero ir para o México pelas razões erradas!!! Tomar tequila com verme deve ser algo único na vida!

Sim, com verme!! Por que eu sou desses...

bj!

Marco Auréio disse...

Que ibope, heim?
Claro que a postura do produtor mexicano é extremamente louvável!

introspective disse...

fino mesmo!

Too-Tsie disse...

Educação né?

Infelizmente a gente tá no país da coisa errada, o país dos "espertos".

E a internet veio pra piorar mais as coisas (bendita inclusão digital).
Muita gente cata as coisas na mão grande achando que é freeware. Nem sonha o trabalho que deu pra criar a bagaça, quer dizer, sabe sim, mas liga o "foda-se sou mais esperto" /on.

A balada mexicana deve ser bacanérrima, vi um documentário outro dia sobre os points gls da cidade, da maior boate que parece uma catedral e tals. Só aquele porém né que o Tony comentou, o povo vestido como se tivesse indo pra casamento, de blazer, terninho, cabelo lambido. Mas não acho que iso desabone os queridos. E acho mesmo que deve ter pra todos os gostos, e não só "índios" de pau pequeno como foi alardeado.
Se a gente tomar por esse princípio, o Brasil também só tem índio, cafuçu, mameluco FEO né? E sabemos que não é assim.

Miscigenação r0x!

CARIOCA VIRTUAL disse...

LUIS BARBA É UM DOS MEUS MELHORES AMIGOS E VEM PRA PARADA! TE APRESENTO POR AQUI... ELE EH FANTASTICO! MUITO GENTE BOA.