sábado, junho 14, 2008

O Rio é fashion
(Aqui o texto completo - e mais bonitinho, né?)

Logo nessa semana de Fashion Rio, meu trabalho bombou horrores. Se mal consegui tempo pra pegar os convites (aliás, brigado, fofo), imagine dar pinta na Marina. Nem no Dia dos Namorados eu tive trégua - meu chefe está separando e passando por um momento de carência afetiva: me chama pra tudo, pergunta tudo, reclama de tudo... o erro.

Acabei perdendo a chance de sentar do lado da Gloria Maria no Victor Dzenck (cê jura, né?). Tava muito a fim de perguntar pra ela como anda a vida, quais os projetos pro futuro, como vai o namorado novo... coisas de comadre. E se não deu pra ir a tudo, pelo menos gostei do que vi: o off-white de Melk ZDa e o masculino alinhado e careta de Ivan Aguilar me chamaram a atenção.

Tá, sei que eu não sou a Erika, mas posso fazer um balanço da semana?!
O Rio continua apresentando aquelas marcas que colocam um monte de artista na passarela, usando umas roupas de "vou ao shopping" jurando que têm estilo, fazendo carão e cobrando cachê alto, a la TNG e Sandpiper. Por outro lado, também teve coisa muito boa, como Tufvesson e Maria Bonita Extra, as promessas de Luiza Bonadian e Espaço Fashion e a sempre deslumbrante Lenny.

Quanto às tendências, só digo que eu nunca vi tanta referência ao mar junta. Diz que se tocasse Bethania mais uma vez, os fashionistas iriam se atirar na Baía, menino.
E segundo a própria Erika, o babado do verão vai ser o branco, acredita? Aliás, vale dizer que a cobertura do site com todo o humor do TDUD? e os videos GemaTv ficou incrível!

Os lounges, mais uma vez, foram o destino do povo - fashionista ou cafona. Parecia programa de fim-de-semana, quermesse ou coisa do tipo - nessa sexta, então, a cidade inteira estava lá. Claro que comer e beber de graça e ganhar brinde tem todo o seu valor, mas segundo uma amiga influente, alguns pareciam verdadeiras bagaceiras: gente errada, um povo sem noção, mulherada bêbada gritando e dando em cima dos recepcionistas...
As festinhas pós-desfiles também foram sucesso. Do Bailinho ao Fasano, todo mundo estava no Rio - e as colunas de fofoca adoraram, claro.

No fim, aconteceu o que se esperava: FR acabou ganhando com a saída da Colcci. Não ver Gisele se divertindo na piscina do Copa foi trágico (e olha que foram dias de tempo maravilhoso, ela iria adorar), mas, pra compensar, a seleção de tops deixou um ar de semana internacional: Ana Claudia Michels, Isabeli, Juliana Imai, Izabel Goulart (pra mim, a mais linda de to-das), a belíssima italiana Mariacarla Boscono, Emmanuele (absurda!), a russa-que-não sei o nome (sem gracinha ela, né?) e até Carol Trentini (direto de NY numa passagem meteórica) baixaram no Rio. Todas, claro, com suas Chanel de corrente longa bafônicas, o hit dos backstages desse ano.

Na cidade famosa pelas mulheres bonitas, nada melhor do que contar com um time desses pra deixar tudo muito mais maravilhoso.

---

E se a gente não teve La Bundchen, tivemos uma outra Giselle. Sim, aquela que já virou referência em figura caricata carioca e que se enrola na cortina e vai pra noitada, faz performance à beira-mar da Farme e veste pele e lenço Chanel na pista da TW estava lá, mais uma vez. Sem ela a semana de moda não funciona.

Foto: Carol Trentini pra Redley - Chic.com.br

4 comentários:

Klero disse...

TNG... rs. Meu amigo vive me perguntando "que loja é essa? pq tem desfila dessa loja?"

Ele faz questão de chamar de "loja". Mas até aí, ele é pura frescura com moda, e eu nem toco no assunto... juro que já perdi o rumo com ele quando fu defender outra marca brasileira... rs (só pq ele fez moda em paris... amigo uó, viu... rs)


Mas TNG é loja, concordo. medo!

Zito disse...

"Cidade conhecida por mulheres bonitas"... hihihih La Bundchen é gaúcha mr. carioca! hihihihi

Bjão lindo! Boa semana!

GUI SILLVA disse...

A TNG já teve tempos melhores...
bom foi ver a Luiza Bonadian, que é de Vitória e fez muito melhor que o Ivan Aguilar.

introspective disse...

Acho uma graça você fazendo a Erika! Fofo!