quarta-feira, julho 02, 2008

Zhana Fontana

E a Isabeli, hein, gente?
Uma mulher jovem, viajada, famosa, com tantos casamentos no curriculo, supostamente bem-resolvida e que vive num mundo essencialmente gay... sei não, mas é aquela velha máxima: você tira a pessoa da roça, mas a roça não sai da pessoa.

Que ela não queira ter filho gay, ok. Talvez não queira realmente ver o filho sofrer - como se ser gay fosse algum sofrimento ou como se ser HT fosse condição determinante pra que alguém seja feliz - ou que simplesmente seja homofóbica. Mas pela posição que assume de "celebridade", deveria ter um pouquinho mais de atenção com o que diz por aí.

E para os que alegam que ela teria o direito de dizer o que acha, eu respondo que isso só acontece porque a nossa sociedade tolera a homofobia. Queria muito ver essa mocinha dizer que não quer que os filhos casem com negras. Ou que se convertam a religião judaica ou muçulmana. Ué, pela "lógica", não deixam de ser opiniões. Racistas e preconceituosas, sim, mas opiniões.

A verdade é que deve haver algum trauma.
Talvez um ex-marido, né?
E ela que abra o olho. Porque eu não conheço nenhum bofão másculo que se chame Zion. Aliás, pra virar Zhana é um pulo.

9 comentários:

Tony Goes disse...

Uma das frases do ano já é "Prefiro ter um filho gay do que ter uma filha burra."

Ah, e se eu fosse um estilista que se desse ao respeito cortava a Isaburra dos meus desfiles PARA SEMPRE.

Estefanio disse...

E o video dela dando entrevista colocada no fashion week? hahaha nervosa, trinkadissima, olhando pra todos os lados, dando umas risadinhas sem noção no meio das falas! Achei digno!

Alexandre Lucas disse...

Como diria a Dri Spaca: deve rolar uma mágoa =)

Celso disse...

Também acho que rola um misto de cabecinha do interior com mágoa de caboclo.

Zito disse...

Já eu prefiro ter um filho víado a ter um filho "velha"! Mas ela é só o reflexo dessa sociedade idiota que a gnt vive.

Bjo.

GUI SILLVA disse...

mas e o pai de Zion, não se pronuncia???????

Leo Lazzini disse...

huahuahua LIN-DO!

CARIOCA VIRTUAL disse...

Tb penso como vc Gui. Queria ver se no lugar do gay houvesse um negro em todos esses comentarios idiotas de gente na midia, como o caio blinder, a isabeli, e outros tantos.
mas a militancia racial é bem mais organizada que a gay, eu acho.

Too-Tsie disse...

o vídeo é báááárbaro, eu vejo quase todo dia e fico com vergonha alheia.

cheire a vontade querida, mas menos pala né?

o vídeo deveria servir de exemplo em clínicas de rehab, acho temdemsya!