segunda-feira, setembro 01, 2008

O pegajoso e doce drama da madrugada

Vocês pensam que foi fácil? Não, né?
Desde quando vida de bee é fácil?

O final de tarde e início da noite de ontem foram passados na internet vendo os vídeos da turnê no Youtube, pra entrar no clima, e já tentando copiar a coreô versão 2008 de Vogue (tem cada video filmado de tão perto, mas tão perto, que dá até pra dar um tapa na coxa da tia).

Eram 23:30 quando comecei a dar F5 na porra da página da T4F. Meia-noite em ponto, a página mudou e estava lá: clientes Bradesco/Amex de um lado; clientes de outros cartões do outro.

Meu MSN parecia festa da Parada. Só tinha pu-ta-e-vi-a-do online. Aliás, todas as pu-tas-e-vi-a-dos desse país estavam online. Na boa, eram umas vinte janelas de chat pipocando, todas desesperadas. Também pudera, quem disse que a página dos ingressos carregava? Quem disse que quando carregava, alguém passava da terceira tela? Quem disse que depois de escolher o lugar e clicar no botão comprar, a compra era finalizada?
Ok, tudo estava conforme o previsto: muita confusão e serviço capenga. Só faltava tocar brasileirinho no site, pra cair a ficha de vez.

Às duas e meia da manhã eu pensei seriamente em desistir. A minha única pergunta era: como em outros lugares do mundo 60 mil ingressos acabam em 7, 20 ou 50 minutos? Eu estava ali há mais de duas horas e nem da maldita página server busy eu conseguia passar...

Aliás, NINGUÉM conseguia passar. Nem todo o meu MSN, nem todas as pessoas da comunidade Madonna no Brasil, nem o Papa. Nem uma viva alma conseguia completar a compra. Nas palavras de um amigo nervoso: eu não rogo praga, mas um bom fim esse pessoal da T4F não há de ter.

Passei a pensar seriamente em ir pra Santiago. Afinal, a capital do Chile tem pouco mais de 6 milhões de habitantes e vai receber 2 shows. Aquele país inteiro tem 17 milhões de habitantes, enquanto só o estado de São Paulo tem 40 milhões. Vamos combinar que nem se todas as bichas vizinhas de Equador, Venezuela e Peru resolverem dar pinta por lá, chegam no nosso nível, né?

Diante da situação, resolvi dormir, puto da vida. Mas não sem antes colocar o despertador pras 4. Quando tocou, eu não quis nem saber, estava decidido a tentar só de manhã, talvez pelo telefone. Mas graças ao bom deus eu conheço pessoas de bom coração no mundo. E 20 minutos depois toca o meu celular com uma bee avisando "Tá funcionando! Corre que tá funcionando!”

E lá fui eu. Pra aumentar a emoção, por duas vezes o meu Amex autorizou a compra mas o site deu erro. Já li que aconteceu o mesmo com muita gente. E o pior: consta o valor da compra na fatura deles... Confesso que ainda nem abri a minha, isso a gente resolve depois.

A cartada final era tentar o outro caminho. Consegui catar meu Mastercard cansado de guerra, há séculos parado no fundo da gaveta. Só aí descobri o motivo do erro anterior: o meu cartão é apenas Amex, não BradescoAmex - acho que ninguém imaginou que além de Visa e Mastercard, existiria o botão Amex dentro da opção outros cartões. E foi indo, indo, indo....e foi.
Parabéns! Sua senha é XXX e você vai ver a tia!

São Sebastião, padroeiro das bibas, obrigado pela graça alcançada. Virgem de Guadalupe, padroeira da internet, valeu pela força.

5 e vinte da manhã e eu acordava a minha mãe pra dar a boa notícia e avisar que ela não precisaria levar uma cadeirinha de praia para o posto de venda mais perto da minha casa. Senti até uma ponta de tristeza no ar, já que ela estava super preparada. Disse até que o espírito mangueirense-na-fila-do-sambódromo já tinha baixado.

Agora é esperar. Dezembro já ta virando a esquina.
Mas antes, São Paulo e seus 40 milhões de habitantes que me aguardem, porque eu já to craque nessa parada...

---

Tá sendo uma delicinha trabalhar nessa segunda-feira: cansaço, tédio, blue monday, duas horas (mal) dormidas...
Pelo menos eu tenho tickets da tia, tá?

9 comentários:

Leo Lazzini disse...

huahuahauhua

cara post delicioso de ler!! hehe tomara que o show seja bom pra caralho!!! se num for, nunca conte pra ninguem!!! hehe

introspective disse...

hahahaha, que fofo! adorei o post, fico tentando imaginar a sua ansiedade antes e a satisfação depois. bem coisa de tiete mesmo.

well, esse post só me fez relembrar pq não vou ao show: pq meu entusiasmo por ela não é nem de longe comparável ao dos maníacos que vão pagar R$720 pra ter que agüentar as músicas do Hard Candy...

eu fico com algum show em DVD e com as trocentas resenhas que terei que ler pelos blogs da vida...

(tá, pode ser q eu mude de idéia, mas sem previsão por enquanto!)

bjs e ahaza

Serginho Tavares disse...

PARABÉNS! VOCê VAI VER A TIA!

Da disse...

eu dormi linda. obrigado amigo. ... mas um bom fim não hão de ter...

Alexandre Lucas disse...

Taí um nome legal pra um filme: Vida de Bee ;)

CarolCris disse...

Ah eu tb vou vef a ti mas um pouquinho mas pra tras, pq eu façoo parte no maximo da turminha VUP tá???
Só que meu irmão comprou o nosso as 14h de segunda feira depois de fazer por 40 minutos o telefone de brinco...
Se eu tivesse em casa teria feito, afinal já assiti 2 U2 e um aerosmith né? Acha q ficaria de fora da madonna????
See you baby!!!

Celso Dossi disse...

And it hurts with every heartbeat...

Livia disse...

Também passei o maior drama das 7 da manhã as 4 da tarde hoje, mas consegui! Não devia, mas fiquei até com pena da atendente (comprei por telefone), ela me pediu desculpas umas 4 vezes por me fazer esperar. É... pensando bem acho que ela foi falsa!

Klero disse...

"Meu MSN parecia festa da Parada. Só tinha pu-ta-e-vi-a-do online"

adorei