sexta-feira, janeiro 23, 2009

Noite Preta

Ontem foi dia de um programinha um pouco diferente do tribal nosso de cada dia. O local até que era o mesmo, mas o som...quanta diferença: Preta Gil na The Week Rio.

Confesso que estava cheio de preconceitos, achando que o evento seria super micado. Mas me enganei: o público é bom (90% gay - um mix de quaquas, meninos e meninas bonitos e the weekers) e as músicas são bem divertidas. Além disso, ela canta bem e é mega animada (além de muito desbocada, claro). Depois do showzinho, rola o ensaio do bloco da Preta, que vai sair no dia 15 de fevereiro da General Osório, em Ipanema. Ou seja, ainda deu pra gastar meu requebrado...

Prometo voltar nas próximas. Nesse verão, a The Week virou parada obrigatória duas vezes na semana.

E por falar nisso, na coluna Gente Boa, do jornal o Globo, saiu uma notinha contando que André Almada pretende investir ainda mais, abrindo uma casa de espetáculos e shows na cidade, que ele percebeu ser carente desse tipo de espaço.
Bom, tomara que o projeto vá pra frente. O Rio merece.

4 comentários:

diogenes disse...

Nossa, já ouvi façar tanto ta The Week, que tô me sentindo um E.T. por não conhecê-la. Ainda! (rs)

Alexandre Lucas disse...

Prefiro não comentar.

Anónimo disse...

o que eh quaqua?

Gui Sillva disse...

adoro a Preta!
confessei.