quinta-feira, julho 26, 2007

Arroz com pequi

Bem amigos da Rede Globo...

Finalmente consegui um tempinho pra vir postar sobre a minha primeira visita a cidade de Goiânia. Nada de BsAs ou NY, SSA ou Oriente como nos outros blogs, aqui a gente é do interiorrrr do país.
E como minha volta foi antecipada para este fim-de-semana (a principio, porque no balanço das horas tudo pode mudar), voltarei a contar mais sobre o cerrado.

Apesar de estar trabalhando igual a um corno (daqueles bem cornos), consegui ver um pouquinho da cidade - nada muito além do caminho entre o hotel e a empresa, é verdade, mas deu pra sentir o clima.

Se fosse pra resumir a cidade, diria que é pequena, limpa e com gente extremamente educada.
Sim, a cidade é minúscula comparando com outras capitais importantes do país. Mas principalmente pra quem esta acostumado com o eixo desorganizado do sul e sudeste, o bom é que tudo é planejado e funciona.

Os carros param pra você atravessar uma rua sem sinal, existe um ônibus especial - chamado Acessível, se não me falha a memória - para portadores de deficiência, o shopping Flamboyant é ótimo - to-das as grandes marcas brasileiras, apesar da imensidão de vitrines com muito xadrez - e existem lugares com nomes engraçados do tipo Parque Vaca Brava e Praça do Ratinho.

As rachas são muito bonitas. Todas de cabelón liso, com aquela carinha de interior.
O povo, em geral, têm traços bonitos. Mas dou uma dica: excluam Goiânia do mapa de pegação, porque os bofes são tristes.
Ainda mais se você for adepto das barbies: aqui todo mundo é magrinho - aliás, não lembro de ter visto academias por onde passei.
Os mais bunitim fazem a linha Rico Mansur (ou seja, paulista): cabelón comprido, barba por fazer... o layout carioca é raríssimo.
(Na boa, ainda bem que eu arrumei uma exceção. E isso porque o namorado já morava no Rio há uns belos 3 anos antes de nos conhecermos - o que, sem dúvida, deu um upgrade considerável.)

Mas, apesar disso, algumas coisas incomodam.
Primeiro, o calor seco, bem diferente da umidade do Rio.
E segundo que eu até gostaria de ter a calma e a tranquilidade de poder andar com o vidro do carro aberto mas, infelizmente, eu tenho cada vez mais certeza que NUNCA - em tempo algum - vou me acostumar a viver em uma cidade pequena!

Gente, peloamordeDeus. Uma cidade que tem 3 - eu disse t r ê s - McDonald's não dá!
Pra se ter uma idéia, você é capaz de cruzar a cidade inteira - a empresa fica numa área afastada, perto da Pecuária, que o taxista me contou que vai mudar de lugar por causa do cheiro da bosta dos bois, aff! - com 20 aques!
Com esse dinheiro, não chego de taxi nem na porta do meu prédio...
Agora imaginem chegar na TW (Rio ou SP) ou na Pacha com 12 reais... pois é, é quanto custa pra chegar no bairro boêmio.

E por falar nisso, não faltam bares e restaurantes por aqui. Aliás, a night dos goianos é ir pra barzinho.
Acabei conhecendo um restaurante sen-sa-ci-o-nal de cozinha oriental e contemporânea (comida típica pra que, né?): degustação no Tao, com arroz tailandês e fartura de sushi.

Só ainda não vi ninguém andando de bota e chapeu de cowboy.
Mas continuo na procura.

14 comentários:

Libanesa Mafiosa disse...

Posso fazer a Sula Miranda e cantar "eeeeeeeeee Goiania" no seu blog com botzeenhas rosa, posso?

matheus disse...

hahahha.
sempre li aqui,mas tive que comentar no post sobre goiânia.
descreveu muito bem ehheeh.
Só as rachas bonitas..
só tem barzinho como ngiht...blerg
realmente daqui o bom é população educada.
juntam as pessoas daki com a cidade daí e tdo fica perfeito hehe

abração

uomini disse...

...e há *moooita* vida além do mundinho! ótimo post! (cris)

Clebs disse...

Realmente, se me permite comentar aqui, 3 Mc Donald´s é um absurdo!!!

E se aqui no Rio já temos o problema de encontrar as mesmas pessoas em todos os lugares, imagina aí?

De qq forma, aproveite!!

=P

Rafa di Luca disse...

olha só...adoro ritmo de cidade pequena, sempre me acalma...por 2 dias, claro!!!

me diz: há quantas igrejas na cidade? pq pergunto isso? por aí dá para ter uma idéia do tamanho da cidade...hahaha

bjs e boa viagem

Estefanio disse...

Quando eu fui em brasilia a tendência do verão eram os Ranchos!
Eu não fazia a mínima do que era, ate ir em um, tooooodos vestidos a carater uma 'boate' estilo rancho, com direito a currau e tudo e muito sertaneja, zezé e luciano rolando solto!
Senti medo!

Marshall disse...

haha
muito bom.. nunca fui pra lá, mas ja ouvi dizer que é pequena mesmo.. mas tenho uma amiga que adora Goiânia por causa da educação das pessoas mesmo.
abraço

Anónimo disse...

Teve até uma festinha razoável lá nesse finde.... A galera fervida de Brasília se jogou em peso. Ana Paula e André Queiroz nas CDJs.... O problema foi o som. Tava tão mal distribuído que apareciam uns vácuos no meio da pista, além de criar um eco. As paredes e o chão brancos também não contribuíram... Mas o lugar é bonito e a festinha foi boazinha.... hehehehehe

Alexandre Lucas disse...

Concordo com o Rafa acima: DOIS DIAS NO MÁXIMO :)

Namorado disse...

3 anos de upgrade, neammm!! ...querido, se esqueceu dos meus 3 anos fora do Brasil ?! Pheenaa ... liiindaaaa...

Anónimo disse...

Sou do interior de GO, já morei em gyn por 4 anos e moro há 5 anos em sampa ... gostei da descrição de gyn.... achei bem engraçado na real... mas errou sobre os bofs.... Gyn tem muitas academias, com algumas delas super bem estruturadas... tipo a Atrium e a Athletics .... as vezes faltou cair na balada certa para ver os corpos saradinhos... que garanto existem sim...

aproveitando para vender meu peixe... dá um pulo no meu blog: http://blogdojunior.wordpress.com ...

introspective disse...

dear, vc me linkou errado! é introspecTHIve, com H no meio, justamente porque já existia o 'introspective' no blogspot... (um blog americano abandonado e uó! rs)

introspective disse...

ah, e agora que eu vi que a pegação não compensa, desconsidere a parte do comment que eu fiz minutos atrás, falando das minhas expectativas sobre os agroboys... rs... vc foi bastante realista (e um pouco cruel, é verdade).

bem-vindo ao Rio!!! :D

introspective disse...

Gui, vc não entendeu nada...

nos links estava tudo certo: meu nome é 'introspective' mesmo, e meu blog é 'introspecthive' (por causa do outro blog).

eu me referia a esse post, quando vc me linkou ao escrever 'BsAs'. tá linkado pro blog errado. entendeu, meu rei?

e um outro post já está há dias sendo rascunhado, mas kd tempo, kd saco? (já te adianto q é um post 'sério'...)