sexta-feira, outubro 31, 2008

Alpha Dog

Esse post vai ser um serviço de utilidade pública. Especialmente pras ameega que tão com problema de auto-estima e querem um pouco de atenção, a dica é quente.

Todo mundo sabe que eu sou flamenguista roxo rubro-negro. Meu lado bofe (ui!) vai à jogo no Maracanã, xinga o juiz, dá porrada na mesa e até chora quando a porra do time perde uma final. Semana passada eu fiquei louco pela camiseta retrô do Flamengo do ano 92 em homenagem ao Junior, o rei do pentacampeonato brasileiro do Mengão.

No último finde eu fui ao Shopping Leblon, comprei a minha camisa nova e estava decidido a usa-la na night para comemorar a boa fase do time. E lá fui eu. Eu já tinha feito isso uma vez em uma Revolution no Cais do Porto quando o Flamengo foi campeão da Copa do Brasil, mas a situação não era a mesma.

Gente, nunca tantas pessoas estranhas falaram comigo com tamanha intimidade em uma mesma noite. Tudo já começou no Tô Nem Aí / Felice, com as doors me abraçando e dizendo que adoraram a camiseta. Depois, a área vip da TW parou: todos os amigos vieram comentar (”nossa, que vintage!”) e até os vascaínos vieram brincar (teve uma racha amiga que só gritava “que coisa horrorosa!”).

Mas os melhores momentos foram, sem dúvida, uma bee lokadoedi que gritou “Mengooooooo” muito alto no meu ouvido - oi? -, uma outra que veio discutir futebol comigo às 6 da manhã – claro que àquela hora eu não tinha a menor condição de discutir a zaga do Cruzeiro, né? – e outra, já na fila de pagamento, que quis me abraçar e apertar a minha mão, começando um discurso de que “esse é o time da massa, não importa raça, religião ou sexo...”.

Claro que outras gracinhas não foram raras, mas como eu prezo pela bom nível no blog, considero-as impublicáveis. Tirando uma, que eu até achei fofa: "se você fosse vascaíno, eu não lembraria de você, mas como como você é flamenguista...".

Já fiz a promessa de voltar a usar a camisa se terminarmos bem no campeonato. E pra quem interessar, super vale a pena investir na loja de esportes. To até pensando em comprar o uniforme completo - quem sabe no próximo sábado não apareço de chuteira e meião, né? Até porque eu sou pé-quente e, desse jeito, ficar no 0 a 0 é impossível.

6 comentários:

Estefanio disse...

E to com o ouvindo zumbindo ate agora do viado que deu o gritão no nosso ouvido!
Sem contar na bee que mandou eu te perguntar quanto foi o jogo e eu: Ahn? que jogo? O unico jogo q vejo eh o voley de pria phemenino, com as minhas amigas sapatão!
Mas foi engraçado viu!
To pensando em sair de Arsenal amanhã!

Daniel disse...

às vezes eu vou com a camisa da seleção da África do Sul. mandei até gravar meu nome nas costas. :P
numa pool, até fiz a linha jogador usando a camisa e shortinho curto. :P /aloka

Alexandre Lucas disse...

Carioca tem cada delírio ht...

Jack disse...

Ahasa, super fetiche!

Gustavo disse...

Fiquei Treje!
Sair para dançar com a camisa do time de coração.

Se eu fizer isso aqui em SP com o meu time que é o SP, certeza que é capaz da buaty inteira virar minhas ameeegas, afinal reputação do meu time todos conhecem né... ADOOOOOOOOORO!!!!!

introspective disse...

Não vai me ver, mas poderia deixar com o Tony as minhas 2 revistas, né? ;)

E não há de ser nada, na minha ausência sei que estarei bem representado!

Muá!